Prof. Enio Leite.

O advento da fotografia em cores (II).

Por Prof. Dr. Enio Leite.


Equipamento de Aventura

Equipamento de Sobrevivência

Montanhismo e Escalada

Esportes Radicais e Tradicionais

Viagens e serviços para turistas

Equipamento de Fotografia e Vídeo

Mapas, Cartografia e Guias

Motivaçao e espiritualidade

Sáude Natural

Arte e Artesanatos

Ecologia e Jardinagem

Leilões, compra e venda

Peças de reposição para Veículos

Trabalhos ou Empregos?

Em 1873, o químico alemão Hermann Vogel descobriu o processo de sensibilização por corantes, por meio de placas de colódio estabelecendo as bases da fotografia ortocromática, pancromática (utilizadas nos filmes P&B atuais) e a fotografia tricolor.

Mas, já em 1876 alguns fotógrafos alemães, utilizando "baixa tecnologia" conseguiram suas primeiras imagens impressas em papel, conforme ilustração abaixo.

Nature morte - 1978
Nature morte - 1978

Em 1869 Ducos du Hauron publicava seu livro apresentado outro método:

Subtrativo, pelo meio do qual as cores poderiam ser recriadas. Uma de suas sugestões era, ao contrário de misturar as cores "aditivas", vermelhas, verdes e azuis, poderíamos utilizar suas cores contrárias ou "subtrativas", cian, magenta e amarelo. Este processo resume-se em fotografar o objeto três vezes sendo em que cada uma delas utiliza-se em fotografar o objeto três vezes sendo em que cada uma delas utiliza-se um filtro positivo diferente: Azul, Verde, Vermelho.

Em cada negativo, como o processo empregado anteriormente, as cores eram representadas pôr diferentes tons e densidade de cinza. Esses três negativos eram tingidos com a cor complementar do filme na hora de fotografar.

Impressao direta
Direct Print - 1869




El Buscador para los amantes de la vida al Aire Libre © - Andinia.com ©